O Dia Mundial da Alimentação é uma forma de se colocar em evidência a alimentação como necessidade básica para a sobrevivência, principalmente, em tempos de pandemia da COVID-19.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), atualmente, mais de 820 milhões de pessoas no mundo não têm alimentos suficientes e a emergência ambiental é uma ameaça crescente à segurança alimentar. Em contrapartida, os números relacionados ao excesso de peso estão cada vez mais evidentes.

Desde o início da pandemia, dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostraram que 13% dos brasileiros declararam que alguém do domicílio havia deixado de comer por falta de dinheiro para aquisição de alimentos.  

Além disso, sabe-se que o isolamento social, principal medida de controle para a COVID-19, vem mostrando impacto no comportamento dos cidadãos. Em particular, diversos estudos encontraram aumento notável no sedentarismo, consumo de álcool e tabagismo, além de piora no hábito alimentar, principalmente, da população de baixo nível socioeconômico.

Neste sentido, o curso de Nutrição do Centro Universitário São Camilo publicou uma obra no formato ebook intitulado “Alimentação saudável: É possível em tempo de pandemia?”. Este material tem como objetivo contribuir para a segurança alimentar da população brasileira. Para saber mais, acesse o link

Veja também o “Manifesto contra a fome e pelo direito à alimentação adequada e saudável” assinado pelos 40 docentes do curso de Nutrição do Centro Universitário São Camilo e pelas nove Ligas Acadêmicas da Nutrição, no dia 27 de abril de 2021, clicando aqui

Em outro ângulo, é inadmissível que os números referentes à fome e a insegurança alimentar estão crescendo, considerando que o desperdício de alimentos ainda é uma realidade. Uma nova pesquisa da ONU, publicada em 2019, estima que 931 milhões de toneladas de alimentos, ou 17% do total de alimentos disponíveis aos consumidores, foram para o lixo.

Esforços globais para a transformação dos sistemas alimentares são cruciais para combater a fome e o desperdício de alimentos até 2030, auxiliando no cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), proposto pela ONU.

Como forma de apoiar a comemoração do Dia Mundial da Alimentação e os ODS, mais uma vez, o Centro Universitário São Camilo lançou o Concurso Receitas de Família – Sabores com AfetoEste concurso está em sintonia com o momento atual, no qual, muitas famílias encontram-se ainda em casa, na maior parte do dia, tentando equilibrar os afazeres domésticos, o trabalho e outras responsabilidades.

Logo, pensar em comida é pensar de forma sustentável e no coletivo, no que diz respeito desde o planejamento, a compra, o preparo e o consumo, sempre associada à família e o afeto, com a dúvida de costume: “O que vamos preparar para o jantar?”.

Clique aqui e conheça mais sobre o curso de Nutrição do Centro Universitário São Camilo.

Fonte:

Profa. Dra. Ana Paula de Queiroz Mello, docente do curso de Nutrição

 

Tenho
interesse!

Entre em contato

0300 017 8585 ou 11 3465-2664
Campus Ipiranga



Av. Nazaré, 1501 - Ipiranga
São Paulo - SP
Campus Pompeia



R. Raul Pompeia, 144 - Vila Pompeia
São Paulo - SP