No retorno às aulas, fortaleça o organismo e a imunidade das crianças

Por: Evelyn Nogueira 

Data: 26/01/2021

Alguns estados têm iniciado a retomada das aulas presenciais. O retorno às salas vem sendo gradual, seguindo as diretrizes e protocolos de cada estado em relação às medidas de segurança contra a Covid-19.

Caso as crianças retornem – ou já tenham retornado – às aulas presenciais, é interessante seguir alguns cuidados extras com a saúde dos pequenos, para fortalecer a imunidade. O pediatra Kairon Caproni Tavares, da Sociedade Brasileira de Pediatria, explica que não há remédio mágico para isto, mas que algumas práticas podem ser eficazes. 

Segundo o profissional, uma das principais recomendações é manter uma alimentação saudável, evitando alimentos industrializados e processados. "Ofereça às crianças um prato colorido, com alimentos que forneçam carboidratos, proteínas, gorduras boas, vitaminas e minerais. Importantíssimo: nada de refrigerantes ou sucos industrializados, apenas água e bebidas naturais", recomenda o médico.

 A nutricionista e professora coordenadora de nutrição do Centro Universitário São Camilo, Sandra Chemim, reforça que o sistema imunológico possui alta complexidade e pode ser prejudicado em casos de maus hábitos alimentares, de higiene ou mentais. Ela reitera que a imunidade alta é o melhor recurso para prevenir doenças – e principalmente a Covid-19 – uma vez que não existe comprovação científica de medicamentos eficazes no combate ao patógeno.
 
Chemim explica que a composição de uma lancheira saudável contém um pote de fruta cortada, uma fatia de bolo ou biscoito caseiro e um pequeno pote de iogurte. Para ajudar, profissionais recomendam incluir diversos alimentos na rotina dos pequenos, além de evitar alguns. Confira:
 

Alimentos para incluir na alimentação

- Abóbora;
- Batata-doce;
- Brócolis;
- Carnes bovinas, suínas, de aves ou pescados;
- Castanha do Pará, castanha de caju e avelãs;
- Cenoura;
- Couve-manteiga;
- Couve-flor;
- Espinafre;
- Feijão;
- Frutas in natura de forma geral;
- Fontes de carboidratos como cereais integrais, bolos caseiros e biscoitos integrais;
- Goiaba;
- Inhame;
- Peixes;
- Produtos lácteos, como iogurtes e queijos;
- Repolho.

Alimentos que devem ser evitados

- Alimentos industrializados e ultraprocessados de forma geral;
- Bebidas industrializadas, como refrigerantes e sucos de caixinha;
- Doces com açúcar concentrado;

Caproni recomenda também a prática de atividades físicas, já que o exercício ajuda no desenvolvimento e fortalece a imunidade. O pediatra recomenda movimentar-se ao menos 60 minutos por dia.

Kairon alerta ainda que a responsabilidade com a segurança sanitária das crianças cabe principalmente às instituições de ensino: “As escolas devem estar preparadas para receber as crianças. Não permitir aglomeração na entrada e saída, além de oferecer locais para higienização das mãos, como pias com água, sabão e álcool 70%. Também é importante ter um ambiente arejado para a prática de atividades, restringir a circulação de pais e familiares dentro da escola e oferecer um distanciamento mínimo de 1 m entre as crianças. É bom contar com um espaço de triagem para aquelas que apresentarem sinais sugestivos da doença”.

O profissional finaliza relembrando a importância de manter a vacinação em dia, para não submeter os filhos a doenças tão perigosas quanto a Covid-19. "Todos os postos de saúde e clínicas de vacinação estão preparados para manter as medidas de proteção contra o vírus. Você pode levar seu filho com segurança. É fundamental manter em dia a vacinação”, previne o médico.
 
Fonte: Revista Casa e Jardim
 
Link da matéria: No retorno às aulas, fortaleça o organismo e a imunidade das crianças - Casa e Jardim | Saúde (globo.com)

Tenho
interesse!

Entre em contato

0300 017 8585 ou 11 3465-2664
Campus Ipiranga
Av. Nazaré, 1501 - Ipiranga
São Paulo - SP
Campus Pompeia
R. Raul Pompeia, 144 - Vila Pompeia
São Paulo - SP