COEP

INTEGRIDADE ÉTICA NA PESQUISA
O III Congresso Multiprofissional do Centro Universitário São Camilo é uma oportunidade ímpar para que os pesquisadores apresentem e publiquem sua produção científica. Assim, convida a todos os pesquisadores a refletir sobre seu comportamento frente a integridade ética na pesquisa. 

A integridade ética na pesquisa se inicia com a honestidade intelectual expressa na ação do pesquisador durante a elaboração, execução, conclusão e publicação da pesquisa, sendo caracterizada por atitudes que revelam os princípios: responsabilidade, verdade, imparcialidade, respeito e beneficência.
Um pesquisador será qualificado como desonesto intelectualmente na produção científica, caso seja detectado práticas em pesquisa que caracterizam má conduta ou práticas questionáveis.

Práticas de má conduta em pesquisa
A prática de má conduta em pesquisa é “toda conduta de um pesquisador que, por intenção ou negligência, transgrida os valores e princípios que definem a integridade ética da pesquisa científica e das relações entre pesquisadores” (FAPESP, 2014, p. 31).
Segundo UNITED STATES (2000) apud Vasconcelos (2012, p. 264), as práticas de más condutas em pesquisa mais frequentes são:
• Fabricação: é inventar resultados, registrá-los ou informá-los;
• Falsificação: é manipular materiais de pesquisa, equipamentos, processos e mudar, omitir dados ou resultados de modo que o registro da pesquisa não esteja acuradamente representado;
• Plágio: é a apropriação das ideias, processos, resultados, ou palavras de outra pessoa, sem atribuição do devido crédito.

Práticas questionáveis em pesquisa
Para Vasconcelos (2012, p. 266) práticas questionáveis em pesquisa são conduta antiética muito frequentes na comunidade científica, sendo um grande desafio o controle dessas práticas, para alguns autores são prática inaceitáveis. Entre essas práticas, incluem-se:
• maquiagem de dados” – estatísticos ou não gerenciamento irresponsável do registro/ dados de pesquisa,
• publicações redundantes,
• publicações fatiadas (que costumamos chamar no Brasil de “salame”) – em que os resultados são divulgados “aos pedaços”, para garantir maior número de publicações e
• atribuição de autoria indevida.

Referências:
Vasconcelos, Sonia. Integridade na pesquisa e ética na publicação. In: Comitês de ética em pesquisa: teoria e prática. Oorganizado por Sergio Rego e Marisa Palácios. In:. ─ Rio de Janeiro, RJ: EaD/ Ensp, 2012.
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Código de boas práticas científicas. 2014.

 

Profª Luciana Sartori

CEUA

A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA) tem por finalidade analisar à luz dos princípios éticos toda proposta de atividade científica ou educacional que envolva a utilização de animais vertebrados, em conformidade com as normativas nacionais e internacionais.

Segundo as orientações da Lei Arouca (Lei Nº 11.794, de 8 de outubro de 2008) a CEUA tem como dever primordial a defesa do bem-estar dos animais em sua integridade, dignidade e vulnerabilidade, assim como zelar pelo desenvolvimento da pesquisa e do ensino segundo elevado padrão ético e acadêmico. Entende-se por uso: manipulação, captura, coleta, criação, experimentação (invasiva ou não-invasiva), realização de exames ou procedimentos cirúrgicos, ou qualquer outro tipo de intervenção que possa causar estresse, dor, sofrimento, mutilação e/ou morte.

Antes de desenvolver qualquer atividade com animais sencientes o pesquisador ou docente deverá encaminhar a sua proposta à CEUA, para análise e aprovação da equipe especializada e após emissão do parecer com aprovação o estudo, ou pesquisa, poderá ser desenvolvido e acompanhado.

No caso de resumos submetidos ao III Congresso Multiprofissional do Centro Universitário São Camilo, quaisquer trabalhos envolvendo uso de animais precisam anexar o parecer obtido previamente pela CEUA da Instituição onde o estudo/aula/pesquisa foi realizado, constando o nome dos pesquisadores envolvidos e dentro do prazo de validade máxima de dois anos.

ceua@saocamilo-sp.br
saocamilo-sp.br/institucional/comissoes/ceua

 

 

 

Tenho
interesse!

Entre em contato

0300 017 8585
Campus Ipiranga
Av. Nazaré, 1501 - Ipiranga
São Paulo - SP
Campus Pompeia
R. Raul Pompeia, 144 - Vila Pompeia
São Paulo - SP