Profa. Me. Lydiane Streapco e Stela Reginato, responsavéis pelo atendimento psicológico aos alunos no Serviço de Apoio Psicológico e Psicopedagógico do Centro Universitário São Camilo, comentam sobre a importância do Setembro Amarelo, mês dedicado a prevenção ao suicídio.  

Desafios e crises podem gerar medo, frustração e a revisão de antigos conceitos mas, também, envolvem oportunidades para aprendizados e novos caminhos. Com o devido cuidado podemos nos tornar aptos a construir ressignificações, enxergando a nós mesmos e a vida de modo mais flexível.

Os desafios e as crises podem acontecer em diversas áreas da vida:

Vida Social

Me sinto sozinha(o);

Fico estressada(o) em trabalhos em grupo;

Tive algum conflito com outros alunos(as);

Estou em crise no meu relacionamento amoroso ou familiar.

 

- Habilidades Acadêmicas 

Ansiedade nas situações de avaliação;

Dificuldade na organização do tempo;

Busca por melhores maneiras de estudar;

Auto-cobrança exagerada.

 

- Enfrentamento da Pandemia 

Desânimo;

Dificuldade de concentração;

Distanciamento social;

Temores e ansiedades.

 

- Amadurecimento Pessoal 

Treino da capacidade de se expressar;

Autocuidados e bem-estar;

Reconhecimento de dificuldades e potencialidades;

Autoconhecimento e autoestima.

 

Vale lembrar:

Cuidados com a saúde mental são importantes ao longo de toda a vida. Mas quando há sobreposição de crises, associação com outros quadros psiquiátricos mais antigos, uso abusivo de álcool e substâncias,  ou intensificação de dores emocionais como perdas, adoecimento e lutos, o sofrimento psicológico pode se agravar e se tornar preocupante.

Algumas crises são contornáveis e passageiras mesmo que naquele momento de maior dificuldade não enxerguemos outras possibilidades. Muitas pessoas conseguem superar suas crises. No entanto, melhorar não depende apenas do esforço e da conscientização. Muitas vezes o sofrimento e as dificuldades emocionais se formam em longo de anos, em decorrência de diversos fatores. Por isso, sua melhora também pode depender de diversas intervenções. Não é legal minimizar das dificuldades dos outros, nem generalizar.

A rede de apoio social é valiosa e deve ser formada cada um de nós, quando nos conectamos com o outro, seja um amigo, um familiar, um cliente, aluno, professor ou um conhecido. Oferecer atenção,paciência, escuta e ajuda é de grande valia.

O Apoio Psicológico Universitário do Centro Universitário São Camilo é um espaço de acolhimento e escuta qualificada que para alunos e alunas em diversas situações da vida. Nossos contatos estão no portal do aluno, que poderá agendar via aplicativo um horário de atendimento online.

A rede pública também oferece recursos para saúde mental como as UBS e os CAPS. Os hospitais gerais também atendem em seus serviços de emergência pessoas em momentos de grande sofrimento e que estejam com a sua segurança em risco.

Devemos nos manter atentos conosco e com as pessoas da nossa rede e procurar ajuda sempre que necessário.

Serviço: 

Os atendimentos são destinados à comunidade externa* (a partir dos 7 anos de idade).
 
Para mais informações, basta enviar um e-mail para: agendamento.psicologia@saocamilo-sp.br ou por telefone: (11)3355-3929.
 
*Alunos da instituição são atendidos pelo Apoio Psicológico e Psicopedagógico.
 
* O Serviço Escola não atende funcionários da instituição.
 


Fonte: 

Profa. Me. Lydiane Streapco, docente de psicologia e responsável pelo atendimento psicológico aos alunos no Serviço de Apoio Psicológico e Psicopedagógico.

Stela Reginato, responsável pelo atendimento psicológico aos alunos no Serviço de Apoio Psicológico e Psicopedagógico.

Tenho
interesse!

Entre em contato

0300 017 8585 ou 11 3465-2664
Campus Ipiranga



Av. Nazaré, 1501 - Ipiranga
São Paulo - SP
Campus Pompeia



R. Raul Pompeia, 144 - Vila Pompeia
São Paulo - SP