Data: 12/02/2021

O mundo a cada dia se inova e ressignifica nossas ações e hábitos já padronizados, por exemplo, a alimentação. Foi-se o tempo que a alimentação estava ligada apenas ao conceito de comer e ingerir alimentos. Nesse contexto, nos últimos três ou quatro anos o conceito do Mindful Eating vem ganhando mais notoridade. Em uma tradução para o português, o termo significa: comer com atenção plena ou comer consciente, ou então, a consciência alimentar baseada em mindfulness que contempla o aspecto físico, emocional, mental e psicológico.

Apesar de ganhar notoridade nesses últimos anos, o Mindful Eating não é algo novo. A primeira publicação sobre o tema ocorreu no final da década de 90, mesmo tendo recebido mais atenção da ciência e estudos nos últimos 12 anos.  Na perspectiva atual, o estudo da área é a oportunidade de se especializar em um tema recente e bastante promissor na saúde, para melhor manejo das doenças crônicas e mais promoção e qualidade de vida a partir da alimentação que está presente na vida de todos. 

A Professora Vera Salvo, Pós-Doutora em Mindful Eating completa falando da importância do profissional assimilar que a nutrição é um tema transversal, de saúde e educação. Todas as pessoas comem e qualquer profissional de saúde, em seus atendimentos, ouvirá ou perceberá que direta ou indiretamente a alimentação impactará seu trabalho; impactando a saúde física, mental e emocional.

 Pandemia e Mindful Eating 

Até o momento ninguém sabe precisar os danos à saúde mental de cada um de nós frente à pandemia, no entanto, o que todos percebemos é que a nutrição, a alimentação mais consciente ganhou mais espaço, quer seja pela mudança de comportamento alimentar frente ao isolamento social, quer pelo que, a partir de mindfulness e Mindful Eating é possível modificar em relação às estruturas cerebrais (neuroplasticidade), que com o treinamento é possível atingir.

"Frente à ansiedade, depressão, comer com atenção plena pode ser uma forma simples, diária, rotineira, de incorporar a atenção, o cuidado na direção de maior qualidade de vida. Não podemos cuidar de nós, atender nossas necessidades, se não as percebemos." - Vera Salvo, coordenadora do curso Especialização Interprofissional de Mindful Eating para a Saúde e Qualidade de Vida

Benefícos 

Aumento sobre a consciência dos sinais internos (fome, sede, saciedade); 

- Aumento da percepção sobre as influências externas ao comer (ambiente, companhia, luminosidade, ruídos);

-  Melhora da auto estima;

- Melhora do comportamento alimentar; 

- Redução do comer emocional;

- Redução da compulsão alimentar;

-  Melhora do autocuidado;

- Mais autoconhecimento;

- Melhor manejo da impulsividade ao comer.

 Diferencial

Este é o primeiro curso de pós-graduação em Mindful Eating no Brasil, com teoria e prática a fim de permitir que o atendimento do profissional de saúde tenha um upgrade e para tanto, ele conhecerá mindfulness, mindful eating, compaixão, comunicação não violenta, visão sistêmica da nutrição, neurociência, comunicação e marketing diferenciados. 

O curso, que utiliza metodologias ativas e possui um corpo docente com distintas formações, à semelhança da própria alimentação que deve ser variada, poderá trazer novas possibilidades ao profissional de saúde que poderá atender seu cliente, paciente, de uma forma mais consciente, ampliada, tendo em mindfulness e Mindful Eating a possibilidade de obter melhor adesão ao tratamento proposto, bem como terá a oportunidade de experimentar o cuidado para si, ao longo do curso.

Curso: Especialização Interprofissional de Mindful Eating para a Saúde e Qualidade de Vida

Saiba mais em: https://bit.ly/mindfuleatingsc

Tenho
interesse!

Entre em contato

0300 017 8585 ou 11 3465-2664
Campus Ipiranga
Av. Nazaré, 1501 - Ipiranga
São Paulo - SP
Campus Pompeia
R. Raul Pompeia, 144 - Vila Pompeia
São Paulo - SP